quarta-feira, 9 de junho de 2010

DÍZIMOS E OFERTAS

Estarei falando de algo que poucas pessoas consideram espiritual: DINHEIRO. A verdade é que o dinheiro é um assunto altamente espiritual. Estou escrevendo um livro que trata especificamente sobre este assunto.

Alguém disse que a última parte do homem a ser convertida é a sua carteira. Mas eu não acredito que isto seja verdade. Quando uma pessoa se entrega nas mãos de Deus para receber uma vida nova, tudo que ela é e tudo que ela tem passam a pertencer ao seu novo Senhor, Jesus Cristo.

Dinheiro não é apenas um meio de comprar e vender coisas. Dinheiro também é senhor. Tanto é verdade que Jesus disse que o homem não pode servir a dois senhores: ou há de amar a Deus, ou entregará seu coração ao seu tesouro (dinheiro). (Mateus 6.19-24).

Para ser um servo autêntico do Senhor Jesus, você precisa entender o que Ele espera de você neste campo onde trabalha para ganhar o pão de cada dia. É importante também saber o quanto Deus quer abençoá-lo na área de suas finanças.

Não afaste Deus deste setor tão importante do seu dia-a-dia. Ele quer que você viva abundantemente, em todos os aspectos de sua vida. E é importante saber que: Paulo em Atos dos Apóstolos no capítulo 20 discursando aos anciãos da Igreja de Éfeso, lá no capítulo 35 diz assim: “Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem aventurada coisa é dar do que receber”. Por isso quando entregamos de coração o que pertence ao Senhor, o nosso dízimo; e ofertamos em sua casa, nos encaixamos nesta situação do “DAR”, “ENTREGAR”, “DOAR”. E sabemos que quando fazemos assim, agradamos o coração de Deus. E como um bom pai, ele sabe nos retribuir na hora em que precisamos. Assim como você faz com seu filho, Ele faz conosco.

O dízimo corresponde a dez por cento da sua renda bruta e deve ser entregue na Igreja que você pertence. Ele irá ajudar no desenvolvimento dos vários aspectos da obra – educação, evangelização e manutenção da casa do Senhor. As bênçãos que o Pai celestial reserva para o dizimista são imensas. Prove e verá.

Também oferecemos ao senhor as ofertas que são aplicadas pela liderança da Igreja na expansão da obra do Senhor para beneficiar os velhos, órfãos, pobres e necessitados.

Sim, ainda podemos abençoar vidas através deste chamado “vil metal”, transformado nas mãos do Senhor em algo abençoado e sagrado.

Meu Pastor tem um jeito especial de explicar Dízimos e Ofertas. Ele diz: “O dízimo guarda o que você tem e a oferta abre portas para o que você precisa”, (Pr. João Aine).

Dízimo: Gosto do jeito que ele coloca. Se você observar o que diz a palavra em Malaquias 3.10,11, principalmente o Vs. 11, quando diz que: “repreenderei o devorador”. O devorador come o que nós temos, se não temos nada, vai comer o que? E quando entregamos o dízimo, o Senhor repreenderá este devorador de comer o que eu tenho.

Oferta: É como sementes plantadas. Quando o agricultor planta milho, arroz, etc... Ele abre uma vala grande com o arado e depois coloca as sementes em suas mãos e vai soltando ela devagarzinho nesta grande vala. E depois vem o tempo, e o que plantou cresce e dá o seu fruto e ele colhe. Então concordo com o que meu Pastor quando diz: que a oferta, abre portas para o que eu preciso. Vou colocando minhas ofertas dentro das salvas e vou plantando para poder colher, e na hora certa, quando eu precisar de algo, o Senhor abre as janelas do céu para me suprir de algo que eu preciso. E o devorador que já não pode comer o que eu tenho, por causa da entrega do meu dízimo, ainda tem que engolir o meu crescimento. Tanto espiritual, quanto material. Glória a Deus, meu Senhor!!!!!

Perguntas:
- Você entende como é espiritual este assunto de dinheiro?
- Você já esta pagando o dízimo de sua renda?

Sugestões:
- Comece sua vida nova com o pé direito, pagando a Deus o dízimo de sua renda.
- Prove o Senhor com suas ofertas para o sustento de sua obra.
- Procure saber como Deus abençoa as pessoas que são dizimistas, e aguarde você também as bênçãos do Senhor.

10 comentários:

  1. gostaria também de fazer algumas perguntas:

    como se explica dízimistas e ofertantes que passam por dificuldades, enfermidades, nescecidades, segundo essa linha de pensamento expressa no texto acima???

    e o que vem a ser a "obra de Deus", por que deve ser entregue na igreja , e não direto pra quem esta precisando, já que a igreja (em teoria)estará repassando isso para os nescecitados???

    de que adiantou o preço pago pela minha libertação e salvação na cruz por Cristo se tenho que continuar pagando??? foi "meia boca" o sacrificio da cruz???

    o certo não seria eu ajudar simplismente para ver o nome de Cristo sendo glorificado, independente se eu vou ter ou não algum retorno em troca disso??? Quer dizer se eu começo a ajudar e não vejo retorno, tudo isso se torna uma furada, eu estaria sendo no minimo egoista, isto é, estaria ajudando pensando em mim mesmo!!!

    ResponderExcluir
  2. Caro Moacir Viana,

    Tenho acompanhado seus comentários em vários BLOGS e publiquei seu comentário porque eu gostaria que as pessoas venham a ler a doideira que voce escreveu.

    Se eu colocar na sua frente um BOING 747 cheio de botões e mandasse voce decolar você iria ficar com cara de ambulância... Estou descrevendo para você exatamente o que você faz quando está diante da Bíblia... não entende nada....

    Uma coisa você ganhou mais comigo, são minhas orações.... você critica a todos em quem comenta... acho que não tem com quem conversar então fez um BLOG para isso... falar as suas loucuras. A vantagem é que Vitorino Silva escreve em um de seus hinos que nem os loucos errarão o caminho que leva para o céu.

    Conselho de um Ministro. Estude a Palavra de Deus como ela é... e não como você queira que ela seja... Estou te respondendo aqui e agora porque não mais publicarei comentários teus em meu blog... Amigos já me falaram de você... Um abraço amigo
    e Fique na Paz.

    Pr. GG

    ResponderExcluir
  3. Pr. Gualter. É triste saber que pessoas usaram seu texto de má fé. Já troquei a fonte, e peço desculpa por qualquer incômodo. Obrigado pelo alerta. Deus abençoe o senhor cada vez mais e que a sua graça esteja presente na sua vida e no seu blog. Amém.

    ResponderExcluir
  4. Pr. Gualter, Paz do Senhor.
    Há pouco mais de dez anos estive em Juiz de Fora/MG, e vi à margem da avenida, um outdoor com a seguinte mensagem: "O dízimo não salva, mas todo salvo é dizimista!"
    Lamento que ainda existem muitas pessoas na igreja que não sabem reconhecer o valor espiritual de ser dizimista na Casa do Senhor.

    Pr. Paulo Pontes

    ResponderExcluir
  5. Graça e Paz Pr. Gualter, muito obrigado pela sua visita ao meu blog.E tê-lo como seguidor é uma grande honra para mim. Seu Blog dispensa comentários, pois é um manancial de conhecimento bíblico. A propósito, esta postagem é muito esclarecedora sobre esse assunto do dízimo, o qual ainda não é também compreendido por muitos cristãos.

    ResponderExcluir
  6. Pastor João Aine23 de junho de 2010 00:24

    Pastor e servo de Cristo Gualter, Graça e paz. Quanto a mensagem sobre o dízimo,concordo plenamente,principalmente quando observamos que o verbo está no imperativo 'Trazei' todos os dízimos á Casa do Tesouro , Deus está dando uma ordem. Dízimo, é questão de fé e obediencia; veja o que diz em Isaias 1:19 Se quiserdes, me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Querido permita que Deus continue te usando como vaso para anunciar as Suas verdades, pois quem lê Malaquias 3:18 Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio, entre o que serve a Deus, e o que não serve.Finalizando digo: É tão bom ler, crer e obedecer a bíblia sagrada. a paz pastor Gualter.

    ResponderExcluir
  7. Caros Pastores Paulo e Vicente,

    É um prazer tê-los aqui conosco.. estarei colocando os Blogs dos irmãos em minha lista de Blog preferido. Toda vez que os irmãos postarem aparecerá nesa lista.... E quero dizer que temos que lutar contras as hostes celestiais da maldade... e conte comigo para o que os Senhores precisarem. Um abraço

    Pr. GG

    ResponderExcluir
  8. Meu Pastor Presidente João Aine,

    É um prazer tê-lo aqui em meu Blog, comentando, isso nos dá mais ânimo de continuar nesta Batalha de ser um defensor da Palavra de Deus e trazer aos leitores o que há de melhor em estudos sadios para sua Igreja. Obrigado

    Pr. GG

    ResponderExcluir
  9. Dinheiro não pode ser considerado um assunto espiritual, mesmo porque ele é um mal e um senhor! Espirituais são os salvos que sabem dominar esse mal e usa-lo de forma correta,porque mesmo esse mal,coopera p/ o bem, p/ ajudar ao necessitado, ao carente, ao que colheu de menos! Deus nunca se envolveu c/ dinheiro, o dízimo que antes era exigido, eram frutos da terra,animais.Só se transformava em dinheiro p/ ou servir aos necessitados ou ao próprio dizimista, que comprava tudo que desejasse(diguino é do seu salário),mesmo porque Deus não precisar ser servido.Fazendo o bem ao próximo, ao senhor estaremos fazendo!
    Como vc cita At 20,concordo que c/ nosso dinheiro devamos auxiliar os enfermos,necessitados.E Deus ao falar que melhor coisa é dar do que receber, é porq Ele nos dá, e não espera retorno, além de toda a honra e toda a glória( a Deus o que é de Deus) E nessa passagem não se faz referência ao dízimo, e nem podia, porque dízimo pertencia a,lei e Cristo deu fim a ela! Agora a lei é o amor! A prontidão!
    Sabemos que como Paulo falou, que depois da partida dele, entrariam no meio da igreja lobos cruéis, que não poupariam ao rebanho; De ninguém cobicei a prata, nem o ouro, nem o vestuário.nem o dízimo,e nem o dinheiro!
    ...( As bênçãos que o Pai celestial reserva para o dizimista são imensas. Prove e verá.) Paulo passava privações, mas era rico em graça!! Hoje já somos abençoados c/ toda a sorte de bençãos!

    Não entendo como se prega o dízimo nas igrejas, porque esse pertencia a lei,antigo pacto,janelas dos céus, devorador...mas como alguns dizem, o dízimo antecede a lei, sendo que o dízimo de Abraão não tinha pacto algum, nenhuma promessa, pois esse (Abraão) já tinha as promessas! E a forma como foi entregue é bem diferente da que se ensinam hoje, pois usam a lei p/ cobrar o dizimo de abraão!!!

    ResponderExcluir
  10. Pastor Gualter, a paz do Senhor eu queria tirar uma duvida, a minha igreja que pertence a matriz de nilopolis que e campo de madureira, neste mes de novembro de 2012, foi decidido por eles que a minha igreja que pagava 10% para matriz, mudaram para 40 % de toda arrecadação da minha igreja, e mais 20% para os dirigentes da congregação, finalizando a minha igreja so vai ficar com 40 % para as nossas necessidades isso e biblico? email: pinheirocardoso2004@ig.com.br

    ResponderExcluir